13/04/07

"A ÚNICA DIGNIDADE DA VIDA É NARRAR-SE. OUVIR-SE NOS ANFITEATROS. O RESTO É FOME, VIOLÊNCIA E ESPERMA."

Hoje, estreia nacional em Famalicão (Casa das Artes), da peça "VOU MUDAR A COZINHA".
É um trabalho a partir da selecção de três contos do escritor Ondjaki em que o fio condutor é a personagem Mulher e a solidão. Três contos, três personagens, interpretadas por uma actriz (SANDRA SALOMÉ) e por uma cantora (ANA DEUS).

Para as "nossas" meninas, neste dia de todas as emoções e todos os medos, um poema novinho em folha do Vasco Gato:

No teu banho eléctrico,
como uma âncora acesa que a ferrugem não
separa.

Sei que existes, que rodas devagar
nas águas que esperam, que atravessas
ao pé-coxinho os mapas
afortunados.

Ofereço-te a boca da minha juventude.

Eu que escavei as paisagens
e encontrei apenas jóias inquietas.

(in "Omertà"/ edições quasi)

3 comentários:

Maria Velho disse...

Ana Deus é sempre uma garantia de beleza, magia e qualidade!
Bjs. À CGD

celia gonçalves disse...

Para adonde posso enviar poemas meus?

celia disse...

Para adondi posso enviar poemas meus?