04/06/07

DESPEDIDA


(fotos: Luís Tobias)


O Senhor Rogério partiu. De vez. Deixa-nos muitas saudades. Fez connosco alguns recitais, um dos quais, o mais divertido, no café Aviz, integrado no festival Faladura.
Em sua memória ficam estas palavras mágicas de Eugénio de Andrade:

DESPEDIDA

Colhe
todo o oiro do dia
na haste mais alta
da melancolia.

2 comentários:

luisduartemota@hotmail.com disse...

Ola Joãozinho. tinha-te perdido o rasto, mas andas por aqui perto.
lembraste-te quantas horas passamos a jogar a bola quando tinhamos 12 anos.

um abraço

luis mota

Anónimo disse...

Um grande beijo Rogério.
Até um dia.
Menininha